#indústria #inovação #tecnologia #biologia #ação ambiental 
Califórnia - Estados Unidos

Americanos Produzirão Blocos à Base de Algas

Foam Corps

A Arctic Foam, uma fabricante de blocos de poliuretano, anuncia a sua colaboração com o Centro de Biotecnologia em Algas da Universidade da Califórnia para produzir o primeiro bloco para pranchas de surf do mundo à base de algas.

"Três anos atrás a Arctic Foam fez o compromisso de ser líder na indústria em busca de soluções, não só sustentáveis ​​mas ambientalmente corretas, para substituir os petroquímicos no processo de construção das pranchas, mas também fazer isso com o objetivo de imitar as características de alto desempenho do poliuretano e do EPS das pranchas de surf dos campeões da WSL. Tão importante quanto isso, é necessário cumprir essa meta com blocos e pranchas que não sejam tão exóticas como estar fora do alcance do orçamento do surfista mediano. Nesta parceria com a  Universidade da Califórnia em San Diego, nós já demos o primeiro passo ", disse o presidente da Arctic Foam, Jose Lozano. "Eu também quero agradecer à Solazyme, que foram mais do que generosos em nos fornecer o óleo de algas que usamos para testar este conceito."

"O que temos cozinhando para a próxima fase vai nos levar ainda mais perto de uma prancha totalmente "verde" bem dentro de nosso calendário mais ambicioso", acrescentou Lozano.

"Eu estou realmente animado por ser capaz de trabalhar com a Arctic Foam em Oceanside e vê-los abrir novos caminhos na eco-construção das pranchas de surf", disse o shaper líder do North Shore, Jon Pyzel. "As algas poderão muito possivelmente mudar a essência do que estamos fazendo e vamos avançar de uma forma mais sustentável para um futuro mais verde para a indústria de prancha de surf."

Marty Gilchrist, o cabeça da Arctic Foam no desenvolvimento de negócios, disse: "Temos sido surpreendidos com o que temos sido capazes de fazer com Steve Mayfield, Mike Pomeroy Burkart e Skip na Universidade da Califórnia em San Diego. Quase que desde que o primeiro bloco saiu do molde nós procuramos ver os tipos de densidade, a estrutura celular, flexibilidade, torção e capacidade de "shape" que exigimos dos nossos blocos de poliuretano topo de linha. Em cima disso, nós fomos capazes de manter a estética da nossa atual linha ... evitando blocos que se parecem com algo feito restos de grama. Nosso próximo passo é ajustar a fórmula e testar a espuma embaixo dos pés dos melhores surfistas do mundo. Fique atento ... há mais por vir!"

"A espuma de poliuretano derivada de matérias-primas de algas irá fazer um bloco mais "amigo" do oceano, com uma pegada de carbono reduzida. Este é um avanço dramático para espuma de poliuretano e vai acelerar a transformação sustentável da indústria de pranchas de surf. Estamos no processo de testar os blocos de algas da Artic para uma possível inclusão no Índice de Referência do EcoBoard Project.", Disse Kevin Whilden, Co-Fundador do Sustainable Surf.

O Centro de Biotecnologia em Algas da Universidade da Califórnia é um lider no caminho para soluções inovadoras e sustentáveis ​​para os problemas ambientais do mundo. A prancha foi revelada e apresentada ao Prefeito de San Diego, Kevin Faulconer em um evento público em 21 de abril, pouco antes do Dia da Terra, no San Diego Symphony Hall. O rrefeito Faulconer é o anfitrião da estréia da série da National Geographic "Cidades Inteligentes do mundo: San Diego", um filme documentário com inovações da Universidade da Califórnia em San Diego e outros inovadores regionais, agendada para ir ao ar no sábado, 25 abril no National Geographic Channel.

Fonte: Arctic Foam

Comentários

Galerias | Mais Galerias