#surf #tsunami #ondas grandes #fenômenos naturais 
Indonésia

Aterrorizante noite em um deck de observação de três andares

Daily Telegraph / AP

Preso sob detritos do tsunami, o surfista australiano Ben Robin achava que ele estava prestes a morrer.

Ele conseguiu se soltar e nadar, subiu então em uma árvore e esperou as ondas menores pararem de lavar embaixo dele. Finalmente, o surfista de Byron Bay achou que estava seguro para descer e se juntou aos seus companheiros, que passaram uma noite aterrorizante em uma plataforma de observação de três andares, Tudo o que sobrou do surf resorts Macaronis nas ilhas Mentawais da Indonésia.

Ele sentiu o chão tremer e estava certo de que o próximo terremoto traria um tsunami ainda maior que mataria todos eles. "Eu pensei que eram as cortinas, eu pensei que estava tudo acabado, com certeza", Robinson disse. As autoridades indonésias disseram ontem que ondas de 3 metros bateram nas ilhas Mentawai, na noite de segunda-feira após um terremoto de magnitude 7,7 matou 343 pessoas, com outras 338 pessoas desaparecidas. O tsunami destruíu aldeias inteiras, foi a primeira de duas graves catástrofes Indonésias dentro de um dia - pelo menos 32 pessoas morreram depois que o vulcão do Monte Merapi entrou em erupção em Java.

Somando-se a agonia dos indonésios, soube-se que as sirenes para avisar ilhéus do tsunami não tocaram, porque um sistema de alerta precoce não estava funcionando. As bóias oceânicas que medem as mudanças repentinas tinham sido vandalizadas, e não foram consertadas devido ao custo. Tudo o que sobreviveu no Macaronis Resort foi o deck de observação acima do restaurante e bar. Foi aqui que os hóspedes e funcionários se refugiaram quando a enorme onda veio rugindo.

Sr. Robin, no entanto, não quis ir para o deck no início. "Nós ouvimos esse rugido realmente forte e eu olhei e vi só vi uma parede de água branca que vinha ao nosso encontro", disse ele. Quando ele e seus companheiros correram para o prédio, para chegar até a torre, Robin foi atingido pela primeira onda e escorregou. Ele conseguiu pegar uma prancha antes de ser "arremessado" através dos manguezais.

Links Relacionados:

reportagem original

Comentários

Galerias | Mais Galerias