#competições #eventos #surf #mirim #nova geração #atletas #associações #estadual #notícias 
São Sebastião - São Paulo - Brasil

Atletas de Ubatuba se destacam nas primeiras finais do Hang Loose Surf Attack 2021

SPSurf

Três categorias da primeira etapa do Hang Loose Surf Attack foram definidas na sexta-feira (1/10), na Praia de Camburi, em São Sebastião.

O tradicional campeonato de base aconteceu em condições clássicas em Camburi, com ondas quebrando cerca de um metro. Diego Aguiar saiu na frente  e está mais próximo do título estadual 2021, na categoria sub18. "Eu estou muito feliz de ter vencido esta etapa. É um campeonato que sempre dá prazer vencer por ser muito difícil e com atletas de alto nível", disse. Em segundo lugar ficou o sebastianense Fabricio Rocha e, na terceira colocação, o catarinense Leo Casal. A quarta posição ficou para o vicentino Renan Rodrigues.

Além das altas ondas que quebraram o dia foi de reencontros de legends. Tinguinha Lima, campeão brasileiro em 1990 e em 1993, chegando ainda a ser 44º colocado no ranking do WCT, o circuito de elite do surfe mundial, prestigiou o evento e pôde curtir algumas horas ao lado de Fabinho Gouveia, parceiro de competições, que participa dos comentário da transmissão ao vivo e de Zé Paulo, que está como presidente da SPSurf. "Sempre bom rever velhos amigos em momentos especiais como este", ressaltou Zé Paulo.

O segundo dia de disputas também contou com a estreia e o encerramento da categoria feminina sub 18, vencida pela atual campeã estadual sub14, e também de Ubatuba, Naire Marquez. "Camburi deu altas ondas. Eu vim para cá sabendo que seria difícil e foi. As meninas estão surfando muito. Estou muito feliz de ter vencido esta etapa, mas ainda não é hora de comemorar", lembrou.

Da Praia Grande, Kemilly Sampaio, que vinha numa sequência de vitórias, na final não conseguiu garantir o primeiro lugar. Laura Raupp, de Santa Catarina, que fez uma boa apresentação durante o Hang Loose Surf Attack, terminou em terceiro lugar e a sebastianense Sophia Goncalves terminou em quarto lugar.

Na última bateria do dia as ondas estavam clássicas, dando condições aos atletas aplicarem força e técnica nas manobras executadas. Situação perfeita para Ryan Kainalo tomar conta da bateria do início ao fim.

Apresentou um nível de surfe deixando quase todos os seus adversários em combinação, precisando, cada um deles, de notas maiores que 9 pontos dos 20 possíveis, para ultrapassarem Ryan. O ubatubense deixa claro que está decidido em conquistar o seu oitavo título estadual. "A cada vez que eu compito eu vejo que o nível está crescendo mais entre os atletas. Todos surfaram muito bem. Tinha altas ondas, com terral, estou muito feliz por ter vencido. Vamos pra próxima", disse.

O segundo lugar também foi para Ubatuba, com Gabriel Klaussner. Outro ubatubense garantiu a terceira posição, Guilherme Fernandes. Já o sebastianense Murilo Coura conquistou a quarta colocação.

O Hang Loose Surf Attack continua neste sábado com os rounds e quartas de finais das categorias sub 14 masculino e feminino, sub16 feminino e sub 12 masculino. A cerimônia de premiação dos vencedores da sexta-feira também acontecerá neste sábado, por volta do meio-dia e, em seguida, será a vez do Fu Wax Air Show e do Girls Best Trick, onde R$ 2.000,00 serão oferecidos para os vencedores (um mil cada). Domingo é o dia previsto para o término do evento, às 13h50.

Premiação

Com a vitória de Naire Marquez e Diego Aguiar estão mais próximos do grande prêmio que a Mobyou oferece, duas motos elétricas zeradas.

Os campeões das categorias sub16 e sub18, também ganham premiações em dinheiro no valor de R$ 1.000,00 cada, e troféus de plásticos recolhidos da Praia de Camburi, produzidos pelo Projeto SIRI.

O restante dos pódios, sub16 e 18, receberão premiação em dinheiro. O segundo lugar, R$ 500,00; terceiro, R$ 300,00; quarto, R$ 200,00.

Os finalistas das demais categorias receberão troféus, blocos de prancha, leashs (cordinhas), protetores solares, parafinas e decks antiderrapantes.

Preparo físico

O Hang Loose Surf Attack 2021 também oferece muita diversão para o público presente. Entre uma bateria e outra, os atletas poderão utilizar o espaço da professora de educação física Stael Martins, treinadora de vários atletas de surfe amador, parceira da SPSurf, para manterem o condicionamento físico durante os confrontos dentro d´água. Pensando no bem-estar dos atletas será oferecido açaí, sucos, água e frutas à vontade.

O Hang Loose Surf Attack 2021 é apresentado pela Fu Wax e tem os patrocínios de Mobyou e Sthill. Apoios: Keahana Blanks, Special Boards, Waves NOW, Visual Boards, Miwa Beach Club, Protetor Solar Suntech, Loja 20 Pés, Delab Desing, Camburi Praia Hotel, Refúgio de Camburi, Açaí Gogordo Litoral Norte, Sorveteria Rochinha, Gimba, Frutaria Ventura, Pizzaria Porto da Praia, Sim Suco, Restaurante Taitiro's e Sr. Altino Bar - Incentivando Talentos. Divulgação: Waves. Colaboração: Prefeitura Municipal de São Sebastião, Associação de Surf de São Sebastião (ASSS) e Associação de Surf de Camburi (Ascam): Organizado por: Federação de Surf do Estado de São Paulo (SPSurf).

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias