#tubarões #comportamento 
Austrália

Carcaça de baleia enterrada na praia de Smiths mantém surfistas afastados

Georgia Loney

O Departamento de Ambiente e Conservação concordou em remover uma carcaça de baleia podre numa popular praia próxima a Bells Beach, no Sul da Austrália, por causa de temores de comunidade de atrair tubarões.

O campeão de surf Jake Paterson reagiu contra a decisão em dezembro de deixar uma carcaça de baleia enterrada na praia de Smiths por cerca de duas semanas, descrevendo isso como isca de tubarão. Mas um porta-voz confirmou há pouco tempo que a carcaça agora será removida.

"Embora o Departamento de Ambiente e Conservação acredita que a carcaça foi enterrado com segurança, decidimos removê-la por causa da preocupação da comunidade", disse ela. Jake Paterson, um surfista profissional que possui uma loja de surf local, cobrou a remoção da carcaça enterrada.

"Smiths Beach é uma praia popular e a carcaça apareceu na praia, foi se decompondo e o DEC decidiu enterrá-la, em vez de levá-la", disse ele. "Com o problema que todo o Oeste da Austrália está agora enfrentando com os tubarões, eles poderiam ter feito algo diferente."

Jake Paterson disse que placas na praia alertam a população para a carcaça de baleia enterrada, efetivamente isolando a praia para o surf e a natação em um dos melhores picos de surf do estado. Jake Paterson também disse que, apesar de a baleia estar enterrada, há temores de que a baleia possa continuar a vazar óleo de baleia por muitos anos, atraindo tubarões.

A série de cinco ataques de tubarão fatais no Oeste da Austrália durante o ano passado aumentou o alarme sobre ataques de tubarão. "Está sempre no fundo da mente das pessoas. Eu não surfo mais sozinho, e se é um daqueles dias escuros, eu não surfo", disse ele.

Leia o artigo completo no Yahoo! Austrália

Comentários

Galerias | Mais Galerias