#competições #atletas #surf #notícias #profissional 
Garopaba - Santa Catarina - Brasil

Circuito Banco do Brasil vai revelar jovens talentos do surfe nacional

João Carvalho - WSL

A primeira das três etapas começa nesta quinta-feira em Garopaba

Valorizar jovens surfistas e descobrir novos talentos nacionais da modalidade estão entre os objetivos principais do Circuito Banco do Brasil de Surfe, uma das novidades da temporada 2022 do World Surf League (WSL) Qualifying Series, cuja abertura acontece nesta semana na Praia da Ferrugem, em Garopaba (SC). A primeira etapa será de 21 a 24 de abril e reunirá participantes da região Sul, sobretudo do litoral catarinense, como também da Argentina, Equador, Peru, Chile e Uruguai. Além de o evento oferecer igualdade na premiação para homens e mulheres, seu grande atrativo é que os campeões dos rankings masculino e feminino ganharão um convite (wildcard) especial para participar da etapa do Challenger Series, Corona Saquarema Pro apresentado pelo Banco do Brasil, em novembro, no Rio de Janeiro.

Com mais de 7 mil km de litoral, o Brasil possui aproximadamente 2 mil praias espalhadas pela costa e, pensando em oferecer oportunidade para a nova geração do surfe nacional, a WSL, com o patrocínio do Banco do Brasil e do BB Asset Management, vai promover o Circuito Banco do Brasil de Surfe para atingir, também, jovens surfistas das regiões Sul, Sudeste e Nordeste, que buscam classificação para o Challenger Series, circuito de acesso para a elite mundial. As outras duas etapas serão em Salvador (Praia de Stella Maris – 12 a 15 de maio) e no litoral norte paulista, em Ubatuba (Praia de Itamambuca – 25 a 28 de agosto).

Aos 15 anos, Maya Carpinelli, nascida em Florianópolis, mas que reside em Garopaba, é uma das inscritas na competição. “Meu pai foi surfista e nossa família sempre teve um estilo de vida voltado para o surfe, tanto que pego onda desde os 12 anos. Estou muito animada para participar do Circuito BB em casa, lugar onde aprendi a surfar, e ter a chance de lutar por uma vaga para o CS de Saquarema”, diz a jovem que já foi campeã catarinense Sub-14 e 5ª colocada no ranking brasileiro Sub-16 e atualmente está no Sub-18. “Eu acho importantíssima essa oportunidade que a WSL está dando e, a partir daí, ter a chance de ganhar mais visibilidade para conseguir mais apoio e chegar um dia à classificação para a elite mundial”, completa Maya, que como muitos, sonha em disputar o Championship Tour da WSL.

Maya Carpinelli, 15 anos, mora em Garopaba e conhece bem as ondas da Ferrugem (Crédito: @carloscarpinelliphoto)

Quem, também, está animado para a etapa de abertura é Patrick Plachi, 18 anos, natural de Imbituba (SC), morador da Praia do Rosa, que tem o surfe no DNA, pois vem de uma família de surfistas: pai, mãe e irmãos. Começou a competir há cinco anos em eventos regionais e nesta temporada pretende participar do Pro Junior e de algumas etapas do WSL Qualifying Series. “A paixão pelo esporte nasceu comigo. Minha mãe surfava até os seis meses de gravidez e minha primeira onda eu era um bebê. O surfe sempre fez parte de nosso lifestyle”, diz o jovem catarinense. “Estou muito confiante, pois tenho treinado bastante e focado 100% para estar entre os 10 do ranking e, assim, tentar me classificar para o Challenger Series, no final do ano. Achei muito irado sobre o campeão ganhar o wildcard, pois oferece essa oportunidade e me deixa mais confiante e determinado para buscar por essa vitória!”, finaliza Patrick.

Vale ressaltar que para a 1ª etapa, todas as 112 vagas do masculino e as 32 do feminino já foram preenchidas e há mais 23 surfistas na lista de espera.

Atrações na Praia da Ferrugem - Além de incentivar as categorias de base e fomentar campeões, o Circuito Banco do Brasil de Surfe terá várias atrações para o público e ações para uma vida mais sustentável: aulas de surfe com monitores especializados para diferentes níveis; empréstimo de pranchas com monitoria e até reparos rápidos de pranchas para atletas e moradores locais; futevôlei, beach tennis, vôlei de praia, aulas funcionais e yoga. Paralelamente, haverá grande rigor e controle na utilização de plástico. Será organizada uma coleta seletiva e gestão de resíduos, ou seja, todos os resíduos serão separados e enviados para cooperativas locais de reciclagem. E, em parceria com instituições de Garopaba, está programado o plantio de mudas da vegetação nativa local.

Todas as etapas serão transmitidas ao vivo no WorldSurfLeague.com e também pelo Aplicativo e canal no YouTube da World Surf League. O Circuito Banco do Brasil de Surfe conta com patrocínio do Banco do Brasil e BB Asset Management. A primeira etapa será realizada com o apoio da Prefeitura Municipal de Garopaba e da Rede Atlântida.

Calendário do Circuito Banco do Brasil de Surfe

Etapa 1: 21 a 24/abril – Praia da Ferrugem, Garopaba (SC)

Etapa 2: 12 a 15/maio – Praia de Stella Maris, Salvador (BA)

Etapa 3: 25 a 28/agosto – Praia de Itamambuca, Ubatuba (SP)

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias