#prêmio #surf 
Ceará - Brasil

Noronhense Buday Santos vence a Maior Onda no Prêmio Greenish Brasil 2014

George Noronha

Potiguar Ítalo Ferreira e saquaremense Yan Guimarães faturam Melhor Aéreo e Melhor Tubo, respectivamente

Aconteceu nesta sexta-feira, 04/04, a festa de premiação do Oscar das Ondas Brasileiras, o Prêmio GREENISH Brasil, que em 2014 chegou à sua 8ª Edição.

Grandes nomes do surf nacional e internacional participaram do concurso e muitos se fizeram presentes à festa, que rolou no Órbita Bar, localizado na Praia de Iracema, na Capital cearense.

A expectativa pelo anúncio dos nomes dos vencedores das três categorias em disputa só acabou quando os mestres de cerimônia iniciaram a divulgação dos nomes dos finalistas da disputa da categoria Melhor Aéreo.

No páreo estavam o local da Praia do Icaraí-Ce, Flávio Nunes, o saquaremense integrante da Elite do Surf Mundial, Raoni Monteiro e o potiguar natural de Baía Formosa e expoente regional da nova geração do surf brasileiro, Ítalo Ferreira, que foi o grande vencedor da disputa com uma onda em que executou o Backflip, considerada uma das manobras mais difíceis de serem executadas na atualidade, faturando R$ 10 mil e mais 11 dias de estadia no barco Star Koat I, nas Ilhas Mentawai, Indonésia.

“Estou muito feliz com o resultado. Vinha treinando essa manobra há muito tempo. Nesse dia, precisei usar muita força e concentração para completar o backflip e graças à Deus, deu tudo certo... Já fui para muitos lugares do mundo, mas confesso que estou ansioso para surfar nas Mentawai, que ainda não conheço”, declarou Ítalo Ferreira.

 

TRANSMISSÃO AO VIVO premio 2015

Na sequência foi a vez do Brasil conhecer os nomes dos finalistas e do grande vencedor da categoria Melhor Tubo. Na disputa estavam nada menos que o niteroiense Bruno Santos, vencedor da categoria na edição passada do Prêmio, Robson Santos, natural da Praia da Paúba, São Sebastião, Litoral Norte de São Paulo e o local de Saquarema-RJ, Yan Guimarães, que foi o grande vencedor da categoria com uma onda surfada na Praia da Vila, quintal de sua casa:

“No ano passado eu também fui pra final e perdi para o Bruno Santos, que é um grande ídolo e amigo. Agora, tive a felicidade de vencer e estou muito contente... Já fui para a Indonésia duas vezes, mas ainda não conheço as Mentawai. Agora, estou muito feliz por poder realizar também esse sonho”, declarou Yan Guimarães, em entrevista logo após receber o troféu de vencedor e o cheque de R$10 mil.

Após a divulgação dos nomes dos vencedores das categorias Melhor Aéreo e Melhor Tubo toda a expectativa se voltou para o anúcio dos finalistas da principal categoria do evento, a de Maior Onda. Na disputa, que reuniu oito dos maiores Big Riders em atuação no país, três foram escolhidos como finalistas. Fabiano Tissot, que inscreveu uma bomba surfada na Laje do Jaguá, em Jaguaruna-SC, Aldemir Calunga-RN e Buday Santos PE/FEN, ambos concorrendo com ondas surfadas na Cacimba do Padre, em Fernando de Noronha-PE. E após om breve suspense feito por Petrônio Tavares, CEO da Greenish, Buday Santos foi aclamado como o grande vencedor do Prêmio Greenish Brasil 2014 na categoria Maior Onda, faturando o gordo cheque de R$25 mil e a super boat trip da Mentawai Surf-Charters, à bordo do Star Koat I.

“Moro em Fernando de Noronha que é considerado por muitos o Havaí Brasileiro. Venho me preparado há anos para enfrentar esse tipo de condição do mar. Não vou dizer que não sinto medo. Claro que sinto, tanto que depois que a onda quebrou foi um Deus nos acuda. Mas, é para adquirir confiança que treino intensamente e procuro sempre cair no mar nos dias épicos de big waves”, declarou Buday, que finalizou dedicando a conquista à sua mãe e ao seu irmão, afirmando que está ansioso pela viagem para as Mentawai e que ficará apenas com uma pequena parte do prêmio em dinheiro, cabendo à família a decisão do que será feito com o restante do dinheiro.

Segundo Petrônio Tavares, CEO da Greenish, o Prêmio Greenish Brasil é um reconhecimento da atitude daqueles que estão sempre à procura da onda perfeita:

“Quem surfa sabe que o verdadeiro prêmio é a indescritível sensação de dropar uma onda grande, pegar um tubo seco, ou completar aquele aéreo. Sabemos que a premiação em dinheiro é importante e ajuda bastante, mas nada se compara ao sentimento que vivemos quando surfamos uma onda perfeita”, afirmou Petrônio.

Já para Aldemir Calunga, um velho conhecido das disputas do Prêmio Greenish, todo surfista é um big rider e que o tamanho da onda está na cabeça de quem surfa e não nos olhos de quem vê.

Encerrando a cerimônia, Raul Carvalho, representante no Brasil da Mentawai Surf-Charters, afirmou ser um grande prazer para a empresa contribuir para o prêmio levando os vencedores para surfar as melhores ondas de suas vidas.

“Atualmente, a Mentawai Surf-Charters é reconhecida como a melhor empresa de Boat Trips na Indonésia para brasileiros. Além de contar com a direção de Kadu Maia, que há anos vem estudando as bancadas e as ondas do arquipélago mais cobiçado por surfistas do mundo todo e é sempre um dos surfistas mais instigados em todas as caídas, a estrutura oferecida no Star Koat I é de primeira e sem sombra de dúvidas, irá proporcionar dias de sonho aos três vencedores”, finalizou Raul.

Após a cerimônia, uma grande confraternização se instalou no andar superior do Órbita Bar onde os presentes puderam interagir com alguns dos participantes e com os vencedores do prêmio, ao som da cantora Céu, que encerrou a festa com chave de ouro apresentando seu aclamado show Caravana Sereia Bloom para o delírio de seus fãs e também para os amantes do Esporte dos Reis Havaianos, presentes. 

Toda a cerimônia da Festa do Prêmio Greenish Brasil 2014 foi transmitida Ao Vivo através do blog da Greenish http://blog.greenish.com.br e todas as ondas participantes da edição 2014 do prêmio continuam disponíveis na página da empresa.

Prêmio Greenish Brasil 2015

Para Germano Nottinghan, Diretor de Marketing da Grenish, a edição 2015 do prêmio já está confirmada e todos que quiserem participar já podem increver seus vídeos no blog da marca:

“Para 2015 o Departamento de Marketing da empresa está planejando implementar mais algumas mudanças, como tem sido feito em todas as edições. No início apenas o surfista que dropasse a maior onda em território nacional era premiado. Depois decidiu-se premiar o fotógrafo, que hoje em dia é o vídeo-maker. Hoje, além de surfista e vídeo-maker, o shaper da prancha também é agraciado com premiação em dinheiro. Além do incremento na premiação, outras surpresas estão sendo analisadas como forma de valorizar cada vez mais o surfista brasileiro e nossas ondas. Vale à pena esperar e ficar antenado no Swell”, concluiu Germano.

RESULTADOS FINAIS  DO PRÊMIO GREENISH

Maior Onda: Buday Santos-PE/FEN – R$ 25.000 + Mentawai;

Cinegrafista:  Marcelo Freire;

Shaper: Marroquim;

Finalistas: Fabiano Tissot-SC,  Aldemir Calunga-RN, Buday SantosPE/FEN. 

 

Melhor Tubo: Yan Guimarães-RJ  -R$ 10.000 + Mentawai;

Cinegrafista: Mário Sérgio Xavier;

Shaper: Ricardo Martins;

Finalistas: Bruno Santos-RJ, Robson SantosSP, Yan Guimarães-RJ.

 

Melhor Aéreo:  Ítalo Ferreira-RN - R$ 10.000 + Mentawai

Cinegrafista: Itamar Ribeiro

Shaper: T. Patterson

Finalistas:  Flávio Nunes-CE, Raoni Monteiro-RJ, Ítalo Ferreira-RN.

 

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias