#praia #amador #competições 
Guarujá - São Paulo - Brasil

Praia do Tombo recebe a final do Guarujaense de Surf neste fim de semana

Fábio Maradei

O “palco” já está definido. A terceira e última etapa do Rip Curl Guarujaense de Surf será disputada na Praia do Tombo, em Guarujá, no sábado e domingo (30 e 31).

O “pico”, que também recebeu a disputa anterior, foi escolhido novamente pela organização, com base nas previsões de ondas para o final de semana e a expectativa é de novos shows de surf.

“Este ano inovamos, com a possibilidade de realizarmos etapas em qualquer praia da Ilha de Santo Amaro. Dias antes, escolhemos o local, com base nas previsões e nas duas primeiras disputas o resultado foi sensacional. Qualidade para o surfista”, afirma Ricardo Simonian, o Rolley, diretor executivo da Associação de Surf do Guarujá.

Serão nove categorias, sendo que em duas o campeão pode ser o mesmo, Eduardo Motta, grande talento da nova geração, líder da estreante e da iniciante. Uma das disputas mais esperadas é a open, que abre o evento no sábado, às 8 horas, tendo como destaques Magno Pacheco, atual campeão, e Carlos Eduardo, empatados, cada um com uma vitória e um segundo lugar.

Mais do que o título da categoria, os surfistas brigam para ter a chance de participar da bateria especial, ao final do evento, para conhecer o supercampeão da temporada. O título especial vale uma viagem para a para a Indonésia, com passagens aéreas e hospedagem durante dez dias na ilha de Bali, outra novidade do Circuito este ano.

O experiente Magno compete animado e querendo chegar ao tri na conquista extra - foi supercampeão ano passado e em 2006. Já competindo como profissional, ele espera triunfar novamente e aposta na sua regularidade. “Estou treinando bem, para que os resultados venham naturalmente. Estou tendo boas colocações constantemente e espero mais uma agora para comemorar muito”, afirma Tim, como é conhecido, lembrando que o rival no final de semana também é amigo. “Treinamos juntos”, conta.

Ele também cria expectativa positiva para o título máximo do Rip Curl Guarujaense e, claro, a premiação. “Já venci duas vezes e posso ser o primeiro tricampeão. A viagem é muito cobiçada entre os surfistas. Todos nós queremos esse prêmio. Vou dar o meu melhor para essa passagem ser minha”, revela o atleta de 25 anos.

O adversário também demonstra confiança no triunfo no domingo. “Espero que tenham altas ondas e que dê tudo certo em cada bateria. Esse título representa oportunidades, porque voltei a competir recentemente”, afirma Inhonho, como é apelidado, que ficou dois anos fora das disputas e retornou, incentivado pelo técnico Ademir Silva. “Tenho de agradecer muito a ele, porque estou bem feliz”, comenta.

Sobre o rival direto, Carlos Eduardo explica que a amizade é forte, mas na hora da bateria é cada um por si. “O Tim é um grande amigo e desejo coisas boas para ele, mas penso em disputar o meu lugar em cada bateria”, diz o surfista de 23 anos, também enaltecendo a premiação especial ao supercampeão. “É uma passagem para o Paraíso, um sonho que quero realizar”, finaliza.

Junto às disputas no mar, o Rip Curl Guarujaense promove importantes ações socioambientais, como a distribuição de mudas nativas ao público. Há, também, a arrecadação de alimentos nas inscrições, para doação a uma entidade assistencial instalada perto do evento. “Com certeza, encerraremos o Rip Curl Guarujaense em grande estilo. A Praia do Tombo tem tradição em abrigar campeonatos de surf, conta com ondas incríveis e possui o certificado de Bandeira Azul, por oferecer ótima balneabilidade, acessibilidade e infraestrutura para turistas”, destaca Fernando Gonzalez, do marketing da Rip Curl no Brasil, sobre a mais alta certificação ambiental e de qualidade no Mundo.

Além da open, iniciante e estreante, o Circuito define os campeões municipais nas categorias júnior, mirim, feminina, master, longboard, e stand up paddle (SUP) wave. “Acompanhamos a evolução do surf e também incluímos o SUP, porque é uma modalidade que cresce cada vez mais”, complementa Rolley, lembrando que as finais serão realizadas no domingo, a partir das 10h30 e a decisão do supercampeão, às 13h30.

PREVISÃO GUARUJÁ

O Rip Curl Guarujaense de Surf tem patrocínio da Rip Curl, copatrocínios da Prefeitura Municipal de Guarujá e Secretaria Municipal do Esporte e Lazer. Apoios da Shaper Neco Carbone, Academia Flex, Shaper Helio Coconuts, Seeds of Sea Surfboards, Wave Shape Center, Skygraf do Brasil, Náutica Tintas Fiberglass, Malhas Sticle, Aquarela do Brasil Tinturaria. Supervisão da Federação Paulista de Surf. Cobertura da Hardcore. Divulgação da FMA Notícias. Realização da Associação de Surf do Guarujá.

Comentários

Galerias | Mais Galerias