#água 

Quanta Vida Existe em uma Gota da Água do Mar

Surfguru

Sabe quando você acidentalmente dá um gole desagradável de água salgada? Bem, eu lamento dizer isso, mas o mau gosto não é apenas por causa do sal.

O fotógrafo David Littschwager capturou esta cena incrível de uma única gota de água do mar ampliado 25 vezes para revelar todo um ecossistema: de larvas de caranguejo, diatomáceas, bactérias, ovos de peixes, e até mesmo vermes.

Organismos presentes na gota de água do mar

1. Larva de Carangueijo: transparente e delicado, ele tem um longo caminho a percorrer antes de atingir a maturidade, mas suas diversas partes do corpo já são reconhecíveis. Minúsculas garras podem ser claramente vistas, bem como um par de olhos bem vivos, suas lentes compostas multi-facetadas também são discernidas. 2. Cianobactéria: representante de algumas das formas de vida mais primitivas do planeta, elas desenvolveram uma maneira de aproveitar o poder da luz solar para produzir açúcares - um processo chamado fotossíntese, liberando oxigênio na atmosfera. As cianobactérias nos oceanos são responsáveis pela produção de grande parte do oxigênio que existe hoje na atmosfera.
3. Diatomáceas: é impossível calcular quantas diatomáceas estão vivas nos oceanos do mundo, a qualquer momento - o número é modificado em quatrilhões. Estes pequenos organismos unicelulares são um tipo de algas, envolto em uma parede celular de sílica de grande beleza. Quando elas morrem, estas paredes celulares minúsculas descem para o fundo do mar, onde podem ser compactadas para formar uma rocha. 4. Copépodes: estas criaturas parecidas com insetos são os mais comuns membros do zooplâncton, e podem ser os animais mais importantes nos oceanos, porque formam a fonte mais abundante de proteína. Eles são pequenos crustáceos parecidos com um camarão, com um corpo em forma de lágrima e grandes antenas. Os copépodes são nadadores energéticos, têm um sistema nervoso bem desenvolvido. Eles formam o alimento básico de inúmeras espécies de peixes. Alguns cientistas acreditam que, juntos, os copépodes formam a maior massa animal da Terra.
5. Quetognatos: estes longos organismos translúcidos são vermes flecha, animais marinhos predadores que estão em grande no plâncton. Para um plâncton eles são grandes - de três a cinquenta milímetros de comprimento. Eles têm um sistema nervoso, dois olhos, uma boca equipada com dentes e dois pequenos espinhos de cada lado da cabeça com os quais eles lidam com as suas presas. Alguns podem até mesmo injetar veneno paralisante. 6. Ovos de peixes: quase todas os peixe põem ovos. Algumas espécies protegem e nutrem os seus ovos, mas a maioria das espécies de peixes lançam um grande número de ovos fertilizados no mar aberto, uma grande porcentagem deles serão comidos.
7. Poliquetas: verme multi-segmentados equipados com dezenas de minúsculos apêndices semelhantes a pêlos, com os quais se impulsionam através da água.

Uma única gota de água do mar pode conter muita vida, e nós usuários do oceano nunca atentamos para isso. Os seres vivos que estão nessa gota são conhecidos como Plâncton. 

O Plâncton compõe o grupo de indivíduos (animais e vegetais) suspensa na água, que não tem a capacidade de nadar contra a corrente. Normalmente eles são muito pequenos e numerosos. 

Em locais com grande produção de alimentos, eles aparecem em uma quantidade enorme, tão grande que tornam a água turva, enquanto que no meio do oceano, onde normalmente há pouco alimento, a sua presença é bem menor, e eles aparecem muito dispersos.

Quando existe uma explosão populacional de algumas algas que compõem o Fitoplancton (Fito=planta), pode ocorrer o que se chama de maré vermelha, porque algumas dessas algas que têm a coloração vermelha se multiplicam tão rapidamente que acabam por deixar o mar avermelhado.

Portanto da próxima vez que acidentalmente der um gole de água do mar, lembre-se de que está absorvendo todo um mundo de pequenos seres vivos.

 

Comentários

Galerias | Mais Galerias