#wsl #profissional #surf #atletas #notícias 
Brasil

Samuel Pupo estreia na elite mundial com contrato renovado com a Rip Curl

FMA Notícias

SURFISTA ESTÁ NA EQUIPE DESDE JANEIRO DE 2014 E AMPLIOU VÍNCULO POR MAIS 3 TEMPORADAS

O trabalho sério, com metas tangíveis e processos claros, rendeu mais uma grande conquista para Rip Curl. Um dos novos nomes do Brasil no Championship Tour (CT), a elite do surf mundial, o paulista Samuel Pupo estreia no Pipe Masters com contrato renovado por mais três anos com a marca que o revelou no surf profissional. O contrato foi assinado com a Rip Curl neste dia 26, no Havaí, estendendo o vínculo iniciado em janeiro de 2014, quando ele tinha apenas 13 anos de idade e ainda competia nas categorias amadoras.

A Rip Curl também patrocina Gabriel Medina, o ano atual tricampeão mundial e primeiro brasileiro a garantir o título do CT. Coincidentemente, os dois atletas moram na Praia de Maresias, em São Sebastião, onde costumam treinar juntos, assim como a irmã mais nova de Gabriel, Sophia Medina, que também faz parte da equipe e segue os mesmos passos dos dois rumo à elite do surf mundial feminino.

Aos 21 anos de idade e pronto para encarar o novo desafio, Samuca destaca a importância de ter a Rip Curl como sua patrocinadora. “Essa renovação representa credibilidade e lealdade, sem dúvida. A gente criou um relacionamento muito transparente desde 2014. Eles acreditando no meu potencial e eu vivendo o sonho de todo surfista, que é ter uma marca grande como a Rip Curl apoiando, dando segurança e me incentivando a alcançar meus objetivos em cada fase da minha carreira, desde amador”, afirma.

“É mais uma motivação você saber que tem pessoas que entendem de surf e possuem um projeto de sucesso na gestão de carreiras para jovens atletas te apoiando e, principalmente, uma marca gigante como a Rip Curl”, diz Samuel Pupo. “A Rip Curl, para mim, é minha segunda família. Eu já conheço há bastante tempo todos principais executivos. Acho que é isso que eles querem passar aos atletas, que somos uma grande família com suporte global e que em todo lugar que eu for no Mundo, vou ter alguém da marca, que poderá me ajudar, se eu precisar”, acrescenta.

Para o gerente de marketing da Rip Curl no Brasil, Fernando Gonzalez, responsável pela contratação de Samuca ainda aos 13 anos e agora pela renovação do atleta como membro da elite mundial, a satisfação é tremenda em poder ver que todo o planejamento estabelecido deu certo. Ele também comenta da alegria em poder ter dois atletas da equipe competindo no Tour 2022.

“Ver a classificação do Samuel para a elite do surf mundial foi emocionante e confirmou, mais uma vez, que o trabalho que temos feito há muitos anos está no caminho certo. Temos um processo global de avaliação, seleção e gestão da carreira de jovens talentos no esporte. Se bem executado, de forma transparente e expectativas bem alinhadas tanto com o atleta quanto com a família, o planejamento que traçamos dá resultados a médio prazo”, comenta Gonzalez. 

“O Samuel é o caçula de uma das famílias mais tradicionais do surf brasileiro, onde todos surfam. O pai é shaper de suas pranchas e bicampeão brasileiro profissional. A mãe sua filmaker incansável e bodyboarder. A irmã surf muito bem e o irmão mais velho, uma das referências do “Brazilian Storm”, além de veterano e bem-sucedido no Circuito Mundial. O Samuel é um atleta predestinado, com talento nato. É fácil entender isso, assistindo ele surfar durante apenas poucos minutos. Seu talento está no sangue e agora ele chegou no lugar que merece estar. Ele vai incomodar na elite”, acrescenta Fernando.

Samuel não esconde estar com boas expectativas para o seu primeiro ano no CT, demonstrando muita confiança em suas performances. “É o meu primeiro ano, espero que eu tenha ótimos resultados. O objetivo é sempre vencer e agora eu me sinto muito mais confiante, sabendo que faço parte dos melhores do Mundo. Eu sei que não estou ali por acaso, acredito em mim mesmo e sou muito feliz de ter uma família que acredita em mim também”, fala.

Ele chega alicerçado por alguns pontos relevantes, como ter junto no Tour o seu irmão mais velho Miguel Pupo e o amigo, companheiro e equipe e conterrâneo Gabriel Medina, além da já conhecida força brasileira no Circuito nos últimos anos. “O fato do Brasil ser uma potência do surf hoje em dia, eu diria que facilita, já somos uma realidade há muito tempo, somos a maioria no Tour e acho que com essa nova leva de brasileiros, quase todo ano a gente espera que um brasileiro seja campeão mundial e acredito que vai continuar sendo assim nos próximos anos.”, ressalta.

“Eu já aprendi muito viajando com o meu irmão, ele já me levou para várias etapas, já veio me ajudando antes mesmo de eu entrar no Tour e acredito que agora vai ser melhor ainda viajar com ele, contar com toda a experiência que ele tem e poder retribuir o que ele já fez por mim dando mais um gás para ele evoluir no tour também. Acho que a gente vai se puxar muito e o Gabriel também né?”, argumenta.

Desde pequeno muito maduro, Samuel Pupo demonstra estar preparado e confiante. “Meu objetivo nesse ano é chegar no Rip Curl WSL Finals e ter uma (tirar) chance de ganhar o título”, anuncia. “A ficha já caiu (risos). Agora com início do campeonato eu já tenho de pensar que faço parte da elite, que mereço estar ali e que esse é o meu lugar. Tenho que pensar assim, porque são todos grandes surfistas, todos estão ali porque merecem e eu também estou. Eu quero confirmar o meu lugar e mostrar o meu surf”, enfatiza, relacionando as ondas que mais gosta no Tour – Jeffreys Bay, Bells Beach e Trestles.

Comentários

Galerias | Mais Galerias